Grande parte das empresas participam de eventos. Dá um trabalho danado, exige um investimento significativo e gera alguns negócios logo em seguida.

Mas e depois?

Posso afirmar sem medo de errar que mais de 90% das empresas não faz nada com os cadastros obtidos em eventos.

Esse trabalho pós-evento precisa ser contínuo para gerar oportunidades de negócios. Ocorre com muita frequência que o potencial cliente que visitou seu stand não precise da sua solução na semana ou no mês seguinte, mas vai precisar antes da próxima edição do evento anual do seu setor.

O real-time marketing possui uma utilidade importantíssima nesse sentido: manter aquecido o contato com potenciais clientes durante todo o ano ou, ao menos, durante um bom período do ano.

Para isso a definição de uma estratégia adequada, automação de marketing e aquisição de mídias eficazes são elementos-chave para transformar visitantes em clientes e otimizar os seus investimentos em feiras e eventos.

Tagged with: